quarta-feira, 27 de abril de 2011

Feira de Santana Promove a Melhor Micareta do Brasil


                                                                                                                                             

Foto: Valdenir Lima
Feira de Santana está pronta para mais uma edição da maior micareta do Brasil. Um carnaval fora de época que começou com a denominação de mi-carême, em alusão a uma festa de rua que acontecia no século XV, durante a quaresma, na França.
A Micareta 2011 será realizada no período de 28 de Abril a 01 de Maio no circuito Maneca Ferreira, localizado na Avenida Presidente Dutra. Em tempos remotos a festa acontecia na Rua Direita, passando para as Avenidas Senhor dos Passos e Getúlio Vargas, no ano 2000 o desfile dos blocos com trios elétricos foi transferido para a Presidente Dutra e as Escolas de Samba e Blocos Afros para o circuito Quilombola na Avenida João Durval Carneiro.
Outrora a festa de rua se completava com bailes nas filarmônicas ( Vitória e 25 de Março), posteriormente  os clubes sociais se tornaram as alternativas para os foliões que preferiam brincar nos salões (Euterpe, Feira Tênis Clube e Clube de Campo Cajueiro). Nos dias atuais são as “feijoadas” que movimentam a cidade no período que antecede à festa. Nos 04 (quatro) dias de folia, a Micareta 2011, vai prestigiar principalmente o  folião pipoca, com atrações que tradicionalmente tocavam para os blocos (cordões com seguranças que isolam os associados dos não associados): Chiclete com Banana, Claudia Leite, Margareth Menezes, Netinho, Luiz Caldas, Daniela Mercury e outros. A animação nos blocos também está garantida com as presenças de Psirico, Timbalada, harmonia do Samba, Xero Mole, Canindé (elétrico), Quixabeira da Matinha, Tomate, Jamil, Banda Eva, Cheiro de Amor, Tatau e muitos outros. A Micareta 2011 começou oficialmente ontem (28/04) às 20 horas  com a entrega da chave da cidade para o rei e rainha da festa.


Foto: Jorge Magalhães
  




 




  


                                                                                                                                                                                                                
                                                                                                     



quarta-feira, 20 de abril de 2011

SEMMAM promove palestra sobre Meio Ambiente no CETEP


O Departamento de Planejamento e educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais de feira de Santana realizou palestra hoje (20/04) no Centro territorial de Educação Profissional do Portal do Sertão-CETEP (antiga Escola Agrotécnica), situada na Estrada do Besouro s/n Pedra Ferrada. A apresentação foi direcionada para os estudantes do curso técnico em Agroecólogia e teve como tema: Desenvolvimento Sustentável- o papel dos órgãos públicos, das empresas e da sociedade civil.
Para Horacio Amorim (Diretor do Departamento) “os órgãos públicos devem capacitar seus quadros para torná-los cada vez mais eficientes, visando garantir o cumprimento da legislação ambiental. Enquanto que o setor produtivo precisa estar atento às exigências ambientais do próprio mercado, as pessoas estão mais atentas não querem produtos de empresas que poluem, degradam e/ou destinam seus resíduos inadequadamente.” Segundo a Bióloga Ivamara Bastos, o setor social também deve cumprir o seu papel, no que se refere à conservação dos recursos naturais.
O curso de Agroecologia busca formar técnicos capazes de atuar com agricultura sustentável e em outros campos que visem sensibilizar pessoas e reduzir impactos ao Meio Ambiente.  Na Bahia são poucos os cursos nessa área, sendo que na unidade do CETEP em feira de Santana, o mesmo foi implantado recentemente.

Estudante Edna Freitas: entre outras coisas o curso nos capacita  para atuar com técnicas orgânicas de cultivo sustentável.

Estudante Lourivaldo  Ferreira: o curso nos proporciona um bom aprendizado sobre as questões ambientais. Pretendo atuar para sensibilizar outras pessoas.
A estudante Anaciete Azevedo que a cerca de 06 anos concluir um curso de Técnica em agropecuária, voltou à instituição para cursar  Agroecologia. Segundo ela: "estou fazendo o curso de agroecologia para agregar mais conhecimentos, não vou parar."

Para a professora Joyce é importante ressaltar que a formação destes profissionais vai atender a uma demanda do mercado, com certeza necessitam de técnicos da área ambiental. Procuramos estimulá-los a trabalharem com práticas agrícolas tradicionais, ao invés das práticas convencionais, que foram impostas pela "revolução verde", nas décadas de 1960 e 1970. "Estou muito feliz em trabalhar com esta turma. Trocar conhecimentos com esses alunos, que têem tanta vontade de fazer a diferença, trouxe-me mais alegria de viver", ressalta a professora.

sábado, 16 de abril de 2011

Escola Anchieta faz Trabalho de Campo em Lagoas da Cidade

Com um grupo de aproximadamente 80 (oitenta) estudantes a Escola Anchieta realizou hoje (16/04) um trabalho de campo em algumas lagoas da cidade. A primeira parada foi na Lagoa Grande, onde os guias, Prof. Horacio Amorim e a estagiária Emanuela Rios, representando a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, relataram que antes dos anos de 1970 o abastecimento de  água em Feira de Santana era feito  daquele manancial. A segunda visita foi na lagoa do Subaé, local onde a informação que mais chamou à atenção dos estudantes foi que o Rio Subaé, nasce aqui no município e percorrem cidades como Santo Amaro e São Francisco do Conde, desaguando na Baia de Todos os Santos; as atividades encerraram na Lagoa do Prato Raso, situada entre os bairros Queimadinha e Baraúnas, na verdade um complexo composto por diversas nascentes, entre elas: Fonte de Lili, Sete de Setembro e Lagoa do Geladinho, fazendo parte da Bacia Hidrográfica do Rio Jacuípe.
A Escola Anchieta é uma unidade de ensino da rede particular, que sempre firmou parceria com a SEMMAM no sentido de possibilitar aos seu alunos o contato com as questões socioambientais, principalmente dentro do contexto de Feira de Santana.




Escola Municipal Gente Miúda Recebe a Equipe da SEMMAM

Bióloga Ivamara Bastos
Com  apóio do Departamento de Planejamento e Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio e Recursos Naturais, a Escola Municipal Gente Miúda realizou ontem (15/04) uma importante ação de Educação Ambiental, envolvendo aproximadamente 180 (cento e oitenta) estudantes. As biólogas  Roberta Castiglíoni e Ivamara Bastos, acompanhadas da estagiária Emanuela Rios (SEMMAM)   realizaram  palestras e exibiram  vídeos ambientais, objetivando sensibilizar os alunos quanto a importância da conservação dos recursos naturais. As atividades foram desenvolvidas nos turnos: matutino e vespertino, sendo que em cada período os estudantes estiveram divididos em 02 (dois) grupos.  
 Para a SEMMAM a escola Gente Miúda é uma das unidades de ensino que vem se empenhando e está conseguindo  propiciar   o estudo de Educação Ambiental para o seu alunado. De acordo com Horacio Amorim, Diretor do Departamento de Educação Ambiental "é um prazer contar com essa escola no Programa  ‘Os Guardiões do Meio Ambiente: construindo uma cidade sustentável’, nosso objetivo é exatamente  incentivar e apoiar ações e projetos de Educação Ambiental das escolas, quando a unidade também se empenha, tudo fica mais fácil.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Faxinaço Contra a Dengue

A Dengue continua sendo motivo de grande preocupação para as autoridades de saúde da Bahia. Mesmo com tanta campanha publicitária e a ação dos agentes de endemias, ainda são encontrados domicílios com verdadeiros criatórios do mosquito. Para intensificar a guerra contra o Aedes Aegypti a Secretaria de Saúde do Estado em parceria com a Prefeitura Municipal de Feira de Santana lançaram ontem (14/04) um projeto de mobilização social para prevenir e controlar a Dengue, com a denominação de faxinaço.
Os índices de infestação do mosquito serviram como critério para que o bairro do Parque Ipê fosse o primeiro a receber o faxinaço contra a Dengue em Feira de Santana. A ação contou com a participação do Exército, da EMBASA, Secretaria de Serviços Públicos (Departamento de Limpeza); Secretaria Municipal de Saúde; Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Departamento de Planejamento e Educação Ambiental); Fundação Luis Eduardo Magalhães e outros, que juntos realizaram uma caminhada nas ruas do bairro carregando faixas, entregando folhetos e conversando com os moradores nos domicílios, distribuindo telas para cobrir reservatórios de água e recolhendo lixo e entulho.
A comunidade tem um papel muito importante nessa luta, afinal o mosquito procria em água parada, geralmente dentro de vasilhames que são descartados inadequadamente. Nossos irmãos, filhos, pais, amigos e vizinhos adoecem e em alguns casos morrem. O que você pode fazer para impedir que isso aconteça? É tão fácil, tome uma atitude, faça a sua parte. 





quarta-feira, 13 de abril de 2011

SEMMAM Constrói com Professores Programação de EA/2011

O Programa "Os Guardiões do Meio Ambiente: construindo uma cidade sustentável" é um programa de Educação Ambiental coordenado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais- SEMMAM, através do Departamento de Planejamento e Educação Ambiental- DPEA, tendo como objetivo incentivar e apoiar ações e projetos de Educação Ambiental desenvolvidos em escolas do município de Feira de Santana.
Na tarde de hoje (13/04) o DPEA promoveu um encontro com representantes de diversas escolas que participam do programa, objetivando apresentar um relatório com as ações desenvolvidas em 2010, bem como, receber sugestões e construir com os professores uma programação contendo atividades que atendam às necessidades das escolas em 2011.
Na reunião ficou decidido que o programa disponibilizará educadores para ajudar nas atividades desenvolvidas pelas escolas (oficinas, palestras, apresentações de vídeos e documentários, exposição monitorada etc.); propiciar condições que contribuam com a capacitação de professores (mini-cursos, seminários e atividades de campo) além de realizar eventos culturais com temáticas socioambientais (teatro, gincanas ecológicas, festivais de músicas, danças e coreografias etc.).
Segundo Horacio Amorim, Diretor do Departamento de Educação Ambiental "é muito importante ouvir a opinião dos professores que trabalham nessas escolas, afinal são eles quem conhece as necessidades dos estudantes". Para a professora Susiane de Freitas, representante da Escola Municipal Luís Alberto: "seria  interessante que o programa podesse realizar atividades ambientais no Parque do Saber". Enquanto que o professor Rafael Medeiros da Escola Municipal Celida Soares, aproveitou o encontro para comunicar que a escola que representa está programando uma caminhada ecológica que será realizada nas ruas do bairro Rua Nova.



sexta-feira, 8 de abril de 2011

Abraçando o Rio Jacuipe

Na última quarta-feira (06/04) professores e estudantes da Escola Estadual Regis Bittencourt e um preposto da Secretaria municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais/SEMMAM, estiveram na Comunidade dos Três Riachos, para promover uma discussão sobre a conservação do Rio Jacuípe. O evento teve início às 19h30 minutos com uma apresentação musical apresentada por estudantes da escola, em seguida ocorreu uma palestra com o Prof. Horacio Amorim, que falou sobre o Jacuípe, enquanto ecossistema que abriga diversas formas de vida e da importância econômica e ambiental que ele representa para os ribeirinhos e para toda a sociedade feirense.
 A Escola Regis Bittencourt está localizada no DNER, mas muitos dos estudantes são da Comunidade dos Três Riachos, nas margens do Rio Jacuípe. Assim, desde o ano passado (2010) a escola vem desenvolvendo o projeto “Abraçando o Rio Jacuípe” que busca sensibilizar os alunos e a própria comunidade para agir em prol da conservação do rio.

Um coro em defesa da natureza

Horacio Amorim com a prof. Úrsula

Equipe de professoras do Regis Bittencourt

terça-feira, 5 de abril de 2011



Federação Nacional dos Técnicos de Segurança do Trabalho homenageia o Presidente do Congresso Nacional

(Por Antonio Sergio Aras de Almeida)



Dirigentes Sindicais de 22 Sindicatos Estaduais de Técnicos de Segurança do Trabalho afiliados a Federação se reuniram em Brasília, no período de 25 a 30 de março de 2011, para participar de uma extensa pauta programada pela Diretoria da FENATEST, conforme segue:
Curso de Formação Sindical (Aperfeiçoamento e Atualização); Plano de Trabalho da Nacional e dos Sindicatos afiliados; Discussão para alteração estatutária; Andamento do Anteprojeto de Lei em tramitação no Gabinete do Ministro do Trabalho e Emprego e, na Casa Civil da Presidência da República, referente à criação e funcionamento do Conselho Federal dos Técnicos de Segurança do Trabalho - CONFETEST e, Atividades e Ações Sindicais junto ao Congresso Nacional com os parlamentares de cada Estado, solicitando apoio quanto à criação e funcionamento do CONFETEST.

Um dos objetivos do encontro foi  comemorar os 25 anos de regulamentação da profissão de Técnico de Segurança do Trabalho,  aprovada em  10 de abril de 1986 e regulamentada pelo Decreto Nº 92.530 de 09/04/86, a pedido da categoria, representada pela Associação Nacional dos Técnicos de Segurança do Trabalho (hoje extinta), junto ao então Presidente da República Jose Sarney e ao ministro da Casa Civil Marcos Maciel.
Como parte das comemorações, os dirigentes entregaram uma placa comemorativa ao Senador e Presidente do Congresso Nacional José Sarney, homenageando-o pelo apoio prestado, quando reconheceu e publicou a regulamentação da categoria de Técnico de Segurança do Trabalho.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

MAV faz coleta de óleo de cozinha


Um dos grandes vilões do meio ambiente é o óleo de cozinha, depois de utilizá-lo muitas residências e estabelecimento comerciais descartam o material inadequadamente, lançando na pia ou no solo. Esse tipo de resíduo é responsável por diversos impactos ambientais, entre eles: a impermeabilização do solo; contaminação da água, reduzindo a oxigenação (comprometendo a vida dos animais aquáticos); provoca o entupimento das tubulações e com apenas um litro é possível contaminar um milhão de litros de água.
Em alguns lugares do país, estão sendo buscadas soluções que visam encontrar alternativas de descarte e reaproveitamento do óleo de cozinha usado, entre as soluções apresentadas estão: a transformação do material em sabão, detergente, resina para tintas e biodiesel. Na Bahia, a Petrobras tem um projeto que visa adquirir o óleo para transformá-lo em biodiesel. Em Feira de Santana, o Movimento Água é Vida/MAV está se associando à Petrobras para proceder a coleta do produto. Para tanto, o MAV busca parcerias com empresas e entidades que queiram contribuir com o trabalho. Um dos pontos de recebimento do óleo é o Colégio Civilização, mas existe outros lugares espalhados na cidade, além disso, o MAV disponibilizou em seu blog o número 3491 1351, para prestar informações detalhadas.