terça-feira, 6 de março de 2018

UNAMACS: vale a pena conhecer

 

        As vezes deixamos de escrever por pura falta de motivação, ou por não acreditar nas ações desenvolvidas nas áreas que representam o nosso campo de estudo, analise e atuação. Em razão disso, por muito tempo deixei de tratar sobre a questão ambiental, todavia, nos últimos dias ganhei um motivo para abordar sobre o assunto: o funcionamento da  UNAMACS - Universidade Aberta de Meio Ambiente e Cidadania Sustentável, uma ferramenta de Educação Ambiental dirigida pelo Departamento de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente de Feira de Santana. A instituição funciona no Parque da Cidade Frei José Monteiro, onde são desenvolvidos os mais variados cursos com a temática ambiental, inscrições gratuitas e aberta a todos os públicos, mesmo para cidadãos que deixaram de estudar ou ainda não concluíram o ensino médio. A UNAMACS tem a coordenação das  professoras Elizangela Lucena e Erika Teles.
        Tive a oportunidade de acompanhar o curso de Crimes Ambientais, ocorrido nos dias 01 e 02 deste mês, que teve como palestrante o Sargento Marcio (Policia Militar da Bahia), na verdade um grande entusiasta da questão ambiental, na oportunidade tratou-se da Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/98), com aspectos relacionados ao trafico de animais silvestres, queimadas, desmatamento, licenciamento e descumprimento de condicionantes estabelecidas no próprio processo de licenciamento, assim como, sobre o decreto 50620/61, que proibi o funcionamento de Rinhas de briga de galo.
        Segundo a professora Elizangela Lucena, através da Educação Ambiental é possível acreditar em mudanças de atitudes, além de reflexões que possibilitem a transformação dos seres humanos, visando a promoção de relações mais saudáveis, entre o homem e a natureza. Temos percebido que a procura  pelos cursos da UNAMACS vem crescendo bastante, o que nos deixa muito satisfeita, comemora a professora Erika Teles.